Anne e Danilo – Book Estúdio

A Anne me contatou através de uma amiga que temos em comum, mas fiquei muito feliz e surpreso ao saber que ela era noiva de um velho conhecido, o Danilo, fiquei muito feliz pelo convite em realizar estas fotos para os noivos.

Aqui uma série de fotos que fiz com os noivos Anne e Danilo no nosso estúdio portátil.

Nosso estúdio, tem essa vantagem de ser portátil não sendo por isso necessário que o cliente desloque de sua residência ou trabalho, devido as vezes ao pouco tempo que os clientes dispõem.

Em seguida irei postar as fotos do Book Externo deles.

Espero que gostem e comentem.

Lucas Rigamont


Sobre 2010 e 2011

Fim de ano!

Fim de ano sempre é tempo de pensar, pensar em tudo o que fizemos, em tudo o que queríamos ter feito, e em tudo o que ainda queremos fazer no próximo ano.

Esse ano foi um ano no mínimo atípico. Tive muitas coisas boas, e muitas coisas ruins.

Como coisa boa, começando pelo início do ano nessa retrospectiva devo destacar meu retorno à faculdade, principalmente por ser esse retorno parte de um sonho muito maior, mas o melhor não foi a faculdade, com certeza o melhor desse ano foi poder conhecer alguém que mudaria muita coisa em minha vida, lógico que pra melhor, principalmente porque esse alguém se encaixa também nos meus sonhos que são muito maiores. Na Fotografia destaco o crescimento, embora ainda lento, mas muito saudável do meu conhecimento e do meu reconhecimento.

Nós muitas vezes queremos as coisas muito depressa e sempre queremos muito, e muito mais, mas apesar disso posso afirmar que passos lentos são mais seguros, e mais que isso, muito mais prazerosos porque quando mais lentos podemos admirar a paisagem da vida que nos cerca a todo o momento.

Acho que é por isso que me encanta tanto viajar de moto, com ela posso não apenas ver a paisagem que me cerca, mas posso também senti-la, tocá-la,  e assim também tem sido minha vida.

Meu crescimento na fotografia esse ano foi algo assim, palpável, pude não apenas vê-lo como também senti-lo, e isso foi algo realmente gratificante.

Meu crescimento foi também tangível como pessoa, seja na faculdade, no meu namoro, com minha família e amigos, pude sentir na pele que estava crescendo, e as vezes esse crescimento doi.

E nessa parte de coisas ruins esta ai também a faculdade, o serviço, incluindo ai no serviço a fotografia que me dá tanto prazer, foram tantas atribuições que para cabê-las todas em meu dia eu precisaria de mais umas 6 horas em cada dia meu para conseguir fazê-las todas, como não eram possível acrescentar horas, eu tive que retirar, retirar horas de descanso, horas com minha família, horas com minha namorada, horas comigo mesmo, e aí o corpo cobrou, o estresse veio quente, cobrando todo esse esforço extra, e com isso sofreu minha família, sofreu minha namorada, sofreram meus amigos e principalmente eu sofri.

Apesar de todos os pesares, e apesar de não ser de todo como eu planejei, 2010 foi um ano pra ficar na história.

Mas e sobre 2011?

Bem nós sempre fazemos grandes planos para o ano que começa, mas esse ano não vou pedir muito, quero apenas continuar esse crescimento, como homem, como namorado, como filho, como irmão, como professor, como aluno, como profissional, sei que se continuar assim crescendo, não demorará muito e chegarei ao meu objetivo final, e poderei realizar meus sonhos.

Agradeço a Deus por tudo que me deu neste ano de 2010, pelas coisas boas e pelas coisas ruins, e peço perdão Deus por ser tão Humano.

Agradeço a minha família que me suportou apesar de meu estresse dentro e fora de casa.

Agradeço a minha namorada, que mesmo com meu estresse e meus muitos erros me amou e me acompanhou por sete maravilhosos meses neste ano.

Agradeço aos meus amigos, que mesmo com meu sumiço, ainda estavam lá quando precisei, ainda continuaram meus amigos.

Agradeço aos meus clientes, que acreditaram no meu potencial.

Agradeço a Primeiro Estilo que abriu novas portas para o meu crescimento profissional.

Agradeço aos colegas de trabalho, por me ensinarem, auxiliarem e também advertirem.

Que possamos todos neste ano de 2011 crescermos ainda mais com os olhos no futuro, mas com os pés no chão.

Lucas Rigamont


EU SOU O CARA!

Eu sou o cara
Eu sou o cara que dorme tarde,
Eu sou o cara que acorda cedo,
Eu sou o cara que sonha,
Eu sou o cara que vai pra faculdade (mesmo sem vontade as vezes),
Eu sou o cara que trabalha,
Eu sou o cara que pega, e pegaria novamente aquela chuva por você,
Eu sou o cara que não liga de ser acordado de madrugada pra te ajudar, nem que seja só pra te ouvir,
Eu sou o cara que sairia no meio da noite por você,
Eu sou o cara que anda de moto sem rumo só para poder pensar,
Eu sou o cara que as vezes não gosta de ser acordado,
Eu sou o cara que ora por você,
Eu sou o cara que sente ciúmes,
Eu sou o cara que erra, mas que também pede perdão,
Eu sou o cara que arrepende,
Eu sou o cara que chora, mas que também engole o choro,
Eu sou o cara que adora estar com os amigos, mas que as vezes prefere estar sozinho,
Eu sou o cara que te ama,
Eu sou o cara que vai a igreja,
Eu sou o cara que escreveu cartas, que depois escreveu emails,e que agora twitta,
Eu sou o cara que te odeia,
Eu sou o cara que revolta,
Eu sou o cara que é controverso,
Eu sou o cara que é decidido, mas que as vezes tem dúvidas,muitas dúvidas,
Eu sou o cara que é feliz, mas que as vezes fica triste,
Eu sou o cara que escuta música alta, que canta, que as vezes empolga (muitas vezes),
Eu sou o cara que confia, mas que desconfia,
Eu sou o cara que tem um sexto sentido (ainda que falho as vezes),
Eu sou o cara que tem dor nas costas, dor de cabeça, tem um ombro machucado e mais um bocado de defeito de fabricação,
Eu sou o cara que é chamado de velho, mesmo não o sendo,
Eu sou o cara que acha que é novo, mesmo não o sendo,
Eu sou o cara que no meio da caminhada, acha que é só o início,
Eu sou o cara que se entristece por não poder realizar sonhos (que muitas vezes esbarram no dinheiro)
Eu sou o cara que demorou pra passar no vestibular,
Eu sou o cara que trocou de curso,
Eu sou o cara que fica triste por isso, mas só as vezes,
Eu sou o cara que tirou carteira de primeira (de carro e de moto),
Eu sou o cara que passou em um concurso público de primeira,
Eu sou o cara que as vezes tem ódio de ter passado,
Eu sou o cara que mesmo chateado é grato pelo serviço que tem,
Eu sou o cara que quer trocar de serviço,
Eu sou o cara que sonha em trabalhar com algo que ama,
Eu sou o cara que ama fotografia,
Eu sou o cara que não sabe de onde vem,
Eu sou o cara que sabe para onde vai,
Eu sou o cara que quer servir e viver pelo CARA,
Eu sou o cara que as vezes tem vontade de fugir,
Eu sou o cara que as vezes foge,
Eu sou o cara que mesmo fugindo não é covarde,
Eu sou o cara que odeia ser chamado de covarde,
Eu sou o cara que nunca dá as costas para um amigo,
Eu sou o cara que já foi apunhalado pelas costas,
Eu sou o cara que sabe guardar segredos, mas que não consegue guardar seus próprios segredos,
Eu sou o cara que tenta, mas não sabe mentir, pelo menos não por muito tempo,
Eu sou o cara que dorme muito, dorme ao ponto de falarem que é doença,
Eu sou o cara que essa noite esta sem sono,
Eu sou o cara que tem o pesadelo mais retardado que se pode imaginar,
Eu sou o cara que, se sonha de noite, quase nunca lembra,
Eu sou o cara que fala muito no papel, mas as vezes tem medo de falar ao vivo,
Eu sou o cara que já se sentiu usado,
Eu sou o cara que tem gente que acha que é rico, mas que não é nada disso,
Eu sou o cara que tem amigos (pelo menos acha que tem),
Eu sou o cara que tem medo de ser abandonado pelos amigos,
Eu sou o cara que valoriza familia, mais que isso, sou louco por ela,
Eu sou o cara que tem medos, mas que enfrenta seus medos,
Eu sou o cara que é louco por música, mas que não toca quase nada,
Eu sou o cara que escreve e acha que só por isso é escritor,
Eu sou o cara que escreve poesias e por isso acha que é poeta
Eu sou o cara que escreve músicas, e acha que é músico,
Eu sou o cara que é grato, e que sabe demonstrar isso,
Eu sou o cara educado, mas que é grosso as vezes,
Eu sou o cara que pensa demais no futuro (que em certas partes tem medo dele),
Eu sou o cara que tenta esquecer o passado, mas que as vezes é assombrado por ele,
Eu sou o cara que pensou em um bocado de coisas para escrever aqui mas que esqueceu metade delas (ou mais),
Eu sou o cara que talvez seja odiado por ter escrito isso,
Eu sou o cara que talvez seja amado por ter escrito isso,
Eu sou o cara que mesmo sendo um é vários,
Eu sou o cara que é composto de muitas partes,
Eu sou o cara que é moldado a cada dia,
Eu sou o cara que ainda não esta pronto,
Eu sou o cara que mudou, e pode mudar ainda mais.
E se você não se identificou com nada, você é muito mais “O CARA” do que eu, mas se você se identificou, você não é nada mais do que…
VOCÊ MESMO!

Casamento Solange e Normandes

Uma bela cerimônia realizada na belíssima Catedral da Boa Viagem em Belo Horizonte.

Fiquei muito feliz com o convite do Normandes para fotografar o seu casamento, e mais feliz ainda quando soube que a Solange, que ficara um pouco receosa por ainda não conhecer muito do meu trabalho, se alegrou com o resultado final das fotos.

Agradecimento ao @fcorlaite que foi meu segundo fotógrafo no dia.

Espero que gostem.

Comentem!

Lucas Rigamont


Cuidado com o que vês!

“Cuidado olhinho com o que vê, é a segunda olhada que ata suas mãos”. Assim começa a música Slow Fade da banda Counting Crows, escutei essa música hoje umas 20 vezes refletindo ao máximo em sua letra. Essa música tem uma parte no final em que criancinhas cantam uma música que cantei muito quando era criança: “cuidado olhinho com o que vê… O Salvador no céu esta olhando pra você, cuidado olhinho com o que vê”. Ao ouvir essa música hoje depois de muito tempo que não a ouvia, e principalmente ao escutar essas crianças cantando me arrepiei. Mexe muito comigo saber que muitos que cresceram escutando a palavra de Deus estão nas drogas, estão roubando, estão matando, estão na cadeia, estão mortos.

Vejo isso diariamente nas ocorrências que atendo, muitos conheceram a palavra de Deus mas se afastaram, e me pergunto o porque? Me pergunto o porque de eu também ter me afastado; eu estou na luta para a cada dia, ser um servo melhor, não é um caminho fácil, e nem tão pouco rápido. O pecado nos controla de uma forma que não é fácil sair do poço que ele nos coloca, ainda mais sozinhos, ainda mais se confiarmos apenas em nós mesmos.

Porquê tantos que conhecem a palavra desviam do caminho? Essa é uma resposta que eu não posso dar. Não posso porque não a sei, penso que cada um tem o seu motivo, mas um motivo com certeza é que nos afastamos de Deus e por isso somos mais fracos para resistir as tentações do pecado.

O motivo pelo qual possamos voltar também é individual, mas a maioria volta pela dor, dor esta que não é causada senão por consequência dos nossos próprios pecados, eu mesmo sofro consequências dos meus pecados do passado e do presente e sei que essa é uma mancha que só Deus poderá apagar, por maiores que sejam os meus esforços de nada irá adiantar se eu não deixar Deus tomar conta do meu caminhar, se eu não deixar que Ele controle a minha vida.

O senso de liberdade que o ser-humano tem muitas vezes não permite isso e mais sofremos então, mas a cada dia que passa sinto que vale mais a pena ser um servo de Deus do que um escravo do pecado. Muitos ainda não perceberam isso, mas oro pra que de alguma forma eu possa ser luz para aquele que como eu um dia também pecou mas que anseia pela reconciliação com o Pai. Se você é um destes e precisar de alguém, de um ombro amigo, estou aqui.

Lucas Rigamont

(a imagem pertence a Mario Alberto Magallanes Trejo e é livre para uso conforme visto no link, utilizei a pensando no pecado como uma faca a qual nós mesmos estamos constantemente a segurar)

Turma de Minas – Arte

Este é o ultimo post do Turma de Minas, é, infelizmente acabou, e aqui vão umas fotos que eu fiz pra mim, fotos mais artísticas, que eu procurei trabalhar mais o meu olhar, exercitar os meus conhecimentos.

Destaque especial para as covinhas, e aos donos das covinhas, obrigado por permiterem que eu as fotografasse, sou um grande fã de covinhas, e ainda pretendo fazer um projeto super especial só com covinhas.

Espero que gostem, e comentem.

Grande abraço!

Lucas Rigamont

Turma de Minas – Adoração

As fotos do turma de Minas estão quase acabando, mas agora vai uma das minhas séries favoritas. Momentos íntimos de adoração que aconteceram várias vezes durante o Turma de Minas. Não pude fotografar todos os momentos, mas estes que consegui em certos momentos me emocionam.

Espero que gostem, e comentem.

Grande abraço!!!

Lucas Rigamont

Turma de Minas – Os Trabalhadores

Demorou, mas chegou, faço agora uma super homenagem aqueles que trabalharam para fazer do TM o maior congresso da história, infelizmente não tenho fotos de todos os que trabalharam, mas recebam, através do que aqui estão presentes essa singela homenagem.

Vermelhinhos que Deus os abençoe sempre e parabéns por fazer o maior congresso da História dos Adolescentes Batistas do Brasil.

Não me matem pelas fotos, e abraço especial a equipe da qual faço parte, #Multimidia.

Grande abraço

Lucas Rigamont

Turma de Minas – JV na Estrada

Esse é um post especial pra galera do JV na Estrada que além de divertir muito a galera lá no TM ainda ensinaram verdadeiras lições, além de claro gravar o Podcast ao vivo lá com a gente.

Eu já ouvi o podcast =D

Valeu galera do JV

Que Deus abençoe vocês

Grande abraço e comentem!!!

Turma de Minas – A Galera

Esste talvez seja um dos posts mais esperados, porque se você participou do Turma de Minas provavelmente terá uma foto sua aqui.

Algumas dessas fotos já foram postadas no site da JUBAM, mas eu quis colocar aqui também como forma de homenagem a vocês participantes, pois foi a energia de vocês que fez o Turma de Minas ser o que foi.

Espero que gostem e comentem.

Grande abraço e valeu por tudo.

=D